sexta-feira, 25 de maio de 2012

Meus Versos.





Agônico Silêncio...

Eu queria dizer tudo, mas
não encontrei teu olhar,
que perdido além de mim,
vagava como que a procura
do que não estava entre nós! 

Aí não disse nada, pois
não senti teu corpo, que,
afastado do meu, dizia
mais do que tua boca, mas
menos que teus olhos! 

Tu não dizias nada, mas
sabias, calada, aquilo
que eu não dizia, pois,
perdidos nessa inquietude,
só ouvíamos... ...o silêncio! 

E não dissemos mais nada,
pois não nos ouvíamos
agônicos a implorar que
ainda estávamos ali,
sós... ...e sós ficamos!...  

Delmar Fontoura.

Um comentário:

  1. Márcia Barcellos da Cunha27 de maio de 2012 18:27

    Delmar,
    É quando podemos entender que o silêncio favorece mais que palavras desprovidas de verdade. Abraços. Márcia

    ResponderExcluir