sexta-feira, 20 de abril de 2012

Pró Anarquismo...

  
Já que o mote é pró amoral
posso ser que me der na telha;
mais verbivocovisual que ético.
Como pró libertário anarquista,
tratarei o verbo, ao conjugá-lo,
livre de qualquer pudor estético!

Eu!?...

Nenhum comentário:

Postar um comentário